Sejam bem vindos ao Ametista de Luz,
Ametista de Luz é um blog que vem para somar, nunca para competir ou dividir. Estou aqui, à luz da Universalidade Crística que habita em meu coração. Minha religião é Deus e EU SOU LIVRE, pois EU SOU O QUE EU SOU.
Ametista de Luz, representa o caminho que venho trilhando na busca pela minha evolução como ser humano e espiritual e da responsabilidade com a vida ao meu redor. Decidi que era hora de dividir com vocês aquilo em que acredito, aquilo que tenho buscado e o que tenho aprendido. Não tenho intenções de forçar ou violentar consciências, pois cada um é livre para crer ou não e naquilo que quiser. Este blog tem por objetivo levar, agregar conhecimentos, alargar conceitos, desmistificar, permitir novos olhares sobre coisas velhas e estagnadas, descortinar coisas que para muitos ainda estão escondidas.Que através dos conhecimentos diversos das diferentes doutrinas, religiões, filosofias, teosofias que este singelo serviço de amor e luz possa iluminar as vidas de todos aqueles que o acessarem, ajudando-os assim a expandirem suas consciências rumo ao divino que todos somos.Nunca esquecendo que não existem verdades absolutas no Universo e que ninguém é dono dela.
Que eu possa partilhar com vocês essa busca e esse caminho de pura luz que emana de meus Amados Mestre Jesus, o Christo e de Mestre Saint Germain, o Avatar dessa Era da Chama Violeta ou Era de Aquário e da Equipe Espiritual que me guia.
Paz e Luz, Namastê, Axé, Aranauam, Saravá, Motumbá, Salve, Shalom, Kolofé, Shaumbra, Mitakue Oyasin...!!! Anna Aguyrre

segunda-feira, 30 de abril de 2012

MENSAGEM SEMANAL DE MESTRE HILARION



Mensagem de 29/04 à 06/05/2012

Sob nosso ponto de vista, vemos que aconteceram muitas transformações na Humanidade em um número muito maior do que antes. À medida que as pessoas despertam transformando o interior delas mesmas, a energia que é criada, cresce de modo exponencial abrangendo campos cada vez maiores ao redor da atmosfera, e que em troca provocam um maior despertar e mais transformações nos coraçõesAmados, tomem consciência do poder grande que sustentam e de que exercem, à medida que vivem o dia a dia de suas vidas.

“Eu Sou presente aqui, agora”:- Digam essas palavras sempre para alinharem-se com os aspectos mais elevados que estão começando agora a chegar mais perto de vocês. Vocês estão começando a ter mais consciência das conversações internas com o seu Eu Superior, à medida que fazem as suas tarefas terrenas e lhes chegam mais orientações internas. Estejam abertos e receptivos com a fluência das palavras e dos pensamentos que lhes chegam.
 
Observem os pensamentos para verem se eles têm um efeito positivo em seu bem estar e quais pensamentos criam forças opositoras em seu interior que lhes trazem um sentimento de inquietação e ansiedade.
Esses pensamentos são aqueles que precisam ser mudados por vocês para bons pensamentos que lhes nutrem.

Saibam que nesse momento desses tempos, todos sobre o Planeta estão se movendo através dessas experiências, à medida que se vêem frente a frente com as sombras de seu interior. É assim que todas as ilusões e as mentiras que as pessoas têm dito para si mesma, estão sendo vistas como elas são, e quando isso acontecer, uma mudança para um caminho melhor de relações irá acontecer.


Se estiverem sendo sinceros em suas questões de se movimentarem no sentido da ascensão para os reinos mais elevados de consciências, essas mudanças serão vistas por vocês como grandes revelações das intuições de seus aspectos mais profundos que lhes propulsionam e que algumas vezes, lhes catapultam, para uma dimensão superior de realidade onde tudo que vocês manifestarem está e é, em uma ordem mais elevada.


É por causa desse propósito que todos vocês estiveram sendo limpos e fazendo as devidas transmutações, de tal modo, que os seus caminhos para diante fossem preenchidos com maior leveza e graça. Existe, no entanto, um caminho para se percorrer agora e ele é pra frenteAs escolhas já foram feitas no interior de cada Alma e agora aqueles que seguirem o Caminho estreito conseguirão alcançar o seu próprio caminho.

À medida que vocês se alinharem com o seu poder e incorporarem, mais e mais de seu eu real, as mudanças que forem sendo feitas em seu interior, irão se tornar mais discerníveis para as pessoas em seu círculo de atividades, e então, serão vistos e ouvidos por maneiras que nunca foram antes. O brilho de seu sol está agora iluminando o seu corpo físico e está permeando a cada célula. As pessoas em sua volta irão pensar que vocês têm o segredo da Fonte da Juventude, e de verdade, isso assim, o é.

À medida que esse processo prossegue tornar-se-ão exemplos vivos para que os outros possam imitá-los e segui-los. Isso irá se tornar óbvio, quando vocês vivenciarem com conhecimento aquilo que falam, pois a evidência irá brilhar diante deles. Agora é muito importante que cada pensamento, cada palavra e cada ação se tornem da mais elevada integridade vinda de seu interiorUm líder precisa estar com toda disposição e com vontade de viver o seu próprio discurso, de modo que assim, será óbvio que vocês são um deles. As suas Embaixadas, com a função de serem os Emissários da Luz, estão começando a se tornar percebidas e nós ficamos cheios de júbilo com isso!

Eu Sou Hilarion,

Mensagem canalizada por Marlene Swetlishoff - http://www.therainbowscribe.com/
 

domingo, 29 de abril de 2012

MENSAGEM DE MESTRE HILARION 22 à 29/04/12





A eliminação das camadas dos padrões subconscientes que foram trazidos por vocês em seu interior, está agora começando a acontecer, pois esses padrões estão começando a ser dissolvidos e dissipados, e assim, tudo aquilo que antes impedia a manifestação do seu potencial, a capacitação do seu poder pessoal, de seus talentos, dos seus dons pessoais únicos, singulares, está agora indo embora de seus campos áuricos, e em troca, estão sendo substituídos por mais Luz. Isso lhes traz à tona mais camadas que estiveram profundamente escondidas em seu interior.

Essa maneira que a Luz trabalha é mágica, Amados, e querer experimentar os sentimentos não confortáveis e as dores envolvidas nesse processo diz muito, no que tange as suas forças internas e suas resoluções para que esse processo seja visto sob uma ótica de celebração que chega quando se entra nas dimensões superiores do pensar e do fazer.
 
As camadas estão agora muito finas e são facilmente dissipadas com as ferramentas que aprenderam a trabalhar melhor para vocês. Os dias a seguir requerem a sua persistência e a sua perseverança, no que diz respeito a vocês sustentarem a visão daquilo que desejam que seja manifestado em seu Mundo. Existem visualizações das suas vidas pessoais e também as visualizações maiores do Mundo que vocês desejam para que sejam apreciadas e abraçadas por suas crianças e pelos seus netos. Cada um de vocês está fazendo acontecer a Ascensão da Terra e de todos sobre, em seu interior e em volta  da Terra

Ao persistirem diariamente, em suas disciplinas de ancorarem a Luz no interior do Coração Cristalino da Terra, acrescentam mais Luz à grade toda que está crescendo cada vez mais poderosa em sua ativação. Fazem muitas eras desde que essa grade esteve em sua total capacidade operante, e assim, existe um tom de alegria que emana da grade  em antecipação à restauração plena de seu poder.

A vida como vocês conhecem e percebem está rapidamente indo embora, sendo substituída por meios que são melhores que asseguram o bem para todos, não apenas para alguns. À medida que a grade adquire mais energia e poder, isso é distribuído ao longo do Planeta de tal modo que estabiliza as energias que emanam do Cosmos, assim, maior harmonia e equilíbrio são sustentados e mantidos.

Aqueles que trabalham com a Luz estão acrescentando e conectando a um conhecimento que ressoa com os grandes cristais que estão na profundidade do Planeta. À medida que isso ocorre, uma mudança acontece no interior de suas formas e no interior de todas as formas incluindo a Terra.

A cada mudança se cria uma abertura de mais mudanças, e isso irá continuar até que uma total transformação aconteça. Aqueles de vocês que estiveram na vanguarda desse movimento têm agora um estado de Ser onde os seus esforços estão sendo suportados por essas novas energias, e vocês irão descobrir que isso se tornará uma fonte prazerosa  de serviço, em vez de ser um fardo necessário.

Isso é a criação prazerosa do novo. Isso é alquimia em seu poder maior e melhor, pois tudo que vocês têm aprendido e todas as ferramentas que vocês ganharam, fazem parte de sua nova Matriz, de seu novo padrão de Ser, e estando focados em sua própria forma trazem cura para o seu interior e para o seu exterior.
 
À medida que fazem isso, descobrirão que os métodos que trabalharam para a sua situação única são uma ferramenta valiosa para oferecerem aos outros, de modo que, os caminhos deles para uma consciência e conhecimentos mais elevados possam ser manifestados com leveza e facilidades maiores do que aquelas que vocês conseguiram.

Esse é o seu maior presente para a Humanidade, pois a cada tentativa que realizaram com sucesso se tornou um caminho que brilha para os outros seguirem.

Amados, assim, nós lhes dizemos, as suas experiências individuais e histórias são tão importantes, pois elas criaram marcas para os outros imitarem, caminhos que foram aprendidos por vocês através de grandes esforços, vontade e luta e que criaram um  caminho iluminado para mais pessoas caminharem sobre ele.

Mantenham os seus focos na limpeza de seus corpos, mentes e sentimentos, para tudo aquilo que não ressoe com os aspectos superiores de seu Ser.

Permaneçam sintonizados com o seu coração e com o Coração Cristalino da Mãe Terra, ouçam o Seu som, a Sua orientação, a Sua sabedoria. Ela tem muito a lhes ensinar se estiverem querendo ouvir. Ela sabe a historia inteira dos ciclos de evolução de vida no interior de Seu domínio. Ela irá ajudá-los a relembrarem.

Honrem a Terra e tornem-se Um com Ela em uma relação simbiótica de Amor. O seu conhecimento traz alegria e felicidade ao seu Grande Ser. Ela está sempre pronta para  trabalhar em uníssono com vocês.

Até a semana que vem...

EU SOU Hilarion

Mensagem canalizada por:
Marlene Swetlishoff  - http://www.therainbowscribe.com/

MENSAGEM DE MESTRE HILARION de 15 á 22/04/12


Olá Leitores,

Todos que fazem parte do meu círculo de amizades e de relacionamentos, sabem que sempre fui uma seguidora do Mestre Hilarion - Chohan ou Diretor do 5º Raio /Chama Verde da Cura, da Verdade, Concentração e Abundãncia Divinas. Durante muito tempo mandava por e-mail as mensagens semanais deste meu Amado Mestre de Luz, desde que criei o Ametista de Luz, estou para fazer a coluna dele e continuar com as mensagens, assim também da Mãe Maria também deste Raio e do Amado Jesus. Então a partir de hoje inclusive atendendo pedidos de amigos a coluna está lançada, começo com os ensinamentos que encerram o mês de abril 2012. E stas mensagens são canalizadas pela Marlene Swetlishoff  no site: http://www.therainbowscribe.com/  - que inclusive recomendo tem coisas muitas boas e tem tradutor.



As mudanças que os envolveram por um período extenso de tempo estão agora em seus estágios de completude, no entanto, já está se avistando o seu fim, ao invés de situações que não lhes trazem poder. A sua tenacidade e a sua sinceridade nas questões de maior orientação interna e crescimento espiritual lhes capacitaram acumular grande força, à medida que invocaram as suas reservas internas para seguirem adiante nesses períodos de fricção e de oposição; assim puderam manifestar o seu próprio e singular poder através de sua força pessoal. Isso vocês têm realizado e logo essas situações que experimentaram serão conhecidas para vocês como “ os velhos dias bons”, à medida que se movem para o seu foco maior, para os seus  verdadeiros propósitos aqui na Terra.
Vez ou outra, vocês afundavam em confusão, no que tange ao que haviam tratado previamente, logo retornando, de modo magnificado em intensidade para poder ser ainda revisto novamente. Nós lhes dizemos que esses eventos não são inteiramente os seus próprios padrões cármicos, pois eles também abarcam os arquétipos universais de pensamentos de não poder, da não capacitação e não potencialização de poder pessoal que ainda fazem parte do campo de consciência das massas em volta da atmosfera da Terra. À medida que vocês trabalham em suas questões pessoais, um maior campo de consciência, também irá dar passagem para que transformações aconteçam nele, capacitando aqueles a seguirem as suas jornadas para encontrarem os caminhos para os reinos superiores, de um modo mais facilitado do que anteriormente era possível.

Por sua Vontade Plena e por um Amor Maior aos companheiros que vivem sobre esse planeta maravilhoso, vocês estão engajados na quebra e na dissolução desses padrões antigos de pensamentos e substituindo-os com energias pacificadores e harmoniosas que afetam o pensamento humano e suas tendências.

Queremos dizer com isso que ao tomarem para si, uma parte maior de seu quinhão dos miasmas cármicos que fazem parte do campo de consciência das massas e transformando-os com sucesso em energia amorosa, paz e harmonia, vocês estarão criando um novo caminho de relacionamentos aqui no Planeta.  Nós entendemos que não tem sido um tempo fácil para cada um de vocês, mas nós lhes aplaudimos pelos os avanços que têm feito e ainda estão fazendo por percorrerem um caminho diferente daqueles que percorreram antes e para que comece a acontecer a nova maneira do Ser, sendo Espiritual em manifestação física. À medida que olham em sua volta é óbvio que muito trabalho ainda precisa ser feito e é aí que a sua experiência, conhecimento e consciência podem ser de enorme benefício às pessoas em sua volta. Apenas sua presença por si só, pode trazer estabilidade e calma em muitas situações difíceis e isso faz parte de suas tarefas nos próximos dias. Podem esperar que vocês sejam líderes para seguirem adiante onde for necessário, no tempo apropriado, para aquilo que precisar que seja realizado. Nós lhes pedimos que permaneçam sempre sintonizados com as suas orientações internas, em um nível ainda maior, mais acurado, de modo que possam estar sempre no caminho certo e sintonizados com os eventos que estão transpirando.

Saibam que as suas primeiras impressões intuitivas são normalmente as corretas e é preciso que elas sejam seguidas imediatamente. Muito frequentemente, nós vemos que começam a duvidar de si mesmos e depois voltam atrás, esperando por mais intuição, mais orientação. Permitam-se a confiar na fluência do movimento e da energia e estarão sempre no lugar certo, no tempo certo, fazendo exatamente a  coisa certa.

Esse é o caminho do Ser no seu Novo Mundo, discernindo a fluência da energia da Terra, da energia cósmica e energia solar e sintonizando o seu próprio campo de energia apropriadamente tornando-se consciente da fluência de sua própria energia de modo acurado, preciso, já que isso é de ajuda tremenda nesses tempos. A vida nesses dias assumirá um ímpeto excitante e emocionante. Tenham fé em suas próprias habilidades e recursos. Saibam que vocês estão sempre sendo orientados pelos reinos invisíveis para caminharem com segurança, graça e leveza. Separem um tempo para energizarem-se renovando-se, quando a necessidade vier e sigam aos sussurros de seus corações. Tudo está bem, Meus Amados, e sempre esteve bem. Até a  semana que vem...

EU SOU Hilarion

Mensagem canalizada conforme descrito acima.

A IMPORTÂNCIA DOS LIVROS PARA A UMBANDA


Queridos Leitores,

Posto aqui um texto que me chegou através de um novo amigo que veio pelo Ametista de Luz, o qual fiquei extasiada ao ler, pois o Alexandre, autor do texto parece que leu meus pensamentos, pois descreveu tal qual eu sempre e vi e questionei o fato de na Umbanda as pessoas não estudarem. Muito ouvia-se falar que não haviam livros de Doutrina Umbandista, sendo o conhecimento passado diretamente pelo Pai/Mãe de Santo ou como dizem agora "Zelador", enfim o que sempre observei que essa falta de estudo,leitura, aprendizado só fazia com que as pessoas recebessem o que os Pais/Mães queriam passar, ou seja estavam sempre na mão deles...aceitando as coisas como verdade absoluta, afinal foi passado pelos detentores do "poder" e muita gente foi enganada, manipulada, vilipendiada dessa forma. Mas a roda girou, o mundo evoluiu, as novas gerações, índigos, cristais, douradas...estão chegando e não se contentam com pouco, hoje ninguém mais quer "enfiar a mão em cumbuca" sem saber o que está fazendo, o que vai encontrar do outro lado... as mentes despertam da inconsciência. Assim sendo, é só o conhecimento que nos tira da manipulação, é pelo conhecimento que identificamos o que é bom e o que é ilusão, e é só o conhecimento que ninguém pode nos tirar, pois este se armazena e aumenta a cada nova existência. 
Posto após o texto o link do blog onde consta uma listagem de LITERATURA UMBANDISTA com farto material, aproveitem!!!(Anna Aguyrre)




O ESCRITOR GAÚCHO MÁRIO QUINTANA DEFINIU:

"Os livros não mudam o mundo. Quem muda o mundo são as pessoas. Os livros mudam as pessoas". 
Muita gente tem questionado os livros escritos sobre a Umbanda. Parece que ninguém se entende. Uns são categóricos em dizer que isso deve ser feito assim. Outros dizem o contrário. E assim por diante. Parece não haver concordância entre os escritores umbandistas. 

Há aqueles que acham que essa história de livros é besteira. Dizem que umbandista não precisa estudar. Os Guias sabem tudo. Basta que o médium incorpore e está tudo resolvido. O que importa na Umbanda é a prática. Nada de doutrinação e teoria. Livros é para intelectuais.

A maioria dos sacerdotes umbandistas nem sequer leram um livro sobre a Umbanda. Ler para quê? Não vou perder meu tempo. Deixe esse negócio de ler para os mais jovens. Meu Pai de Santo e minha Mãe de Santo nunca leram e nem por isso deixaram de ser bons médiuns.

Enfim, há todo tipo de justificativa para não se incentivar a leitura na Umbanda.

Felizmente há muitos que vêem esse assunto de maneira diferente, principalmente os mais jovens, os que querem aprender. A mudança é visível. Ninguém se contenta mais em ouvir os sermões de seu Pai ou Mãe de Santo. Querem explicações. Querem entender o que está sendo feito. Estão cansados de tantos mistérios. Isso você pode saber, mas aquilo não. É segredo, é mistério. Estão fartos de serem tratados como "crianças".

Por isso, resolvi escrever este blog.

Chega de enganar as pessoas, não podemos continuar "tapando o sol com a peneira". Estamos no terceiro milênio. Não há mais espaço para as "histórias da carochinha". O mundo impõe o respeito ao ser humano. E a Umbanda não pode ser diferente. Afinal somos a religião que veio preencher o enorme vazio deixado pelas religiões tradicionais e não podemos repetir os mesmos erros.

Não estou querendo julgar nem condenar ninguém. Cada um nasce para cumprir o seu papel na sociedade. Respeito a todos. Rendo as minhas homenagens aos nossos antepassados maravilhosos que deram início a esta sagrada religião. Curvo-me perante aqueles que nos antecederam e criaram as bases dessa nova religião. Mas tudo muda. Tudo é dinâmico. 

Tenho absoluta certeza que a Umbanda está no caminho certo. Tenho muita fé naquilo que nossos amados Guias tem nos ensinado. Pergunte à sua Entidade o que ele acha dos l
ivros.

Depois me respondam.

Observação: não tenho a pretensão de ser o dono da verdade. Sei claramente que ela pertence apenas ao Criador. 

Um abraço a todos


LINK DA BIBLIOTECA UMBANDISTA: 

http://registrosdeumbanda.wordpress.com/2011/03/20/lista-de-livros-sobre-umbanda/

Aproveitem e excelente leitura e aprendizado.

sábado, 28 de abril de 2012

A GRANDE FRATERNIDADE BRANCA UNIVERSAL E OS SETE RAIOS CÓSMICOS DE DEUS - I



Ao falarmos em Grande Fraternidade Branca Universal, estamos tratando de Hierarquia Cósmica (Branca porque reúne todas as cores, raças, etnias, povos...) A Fraternidade Cósmica é formada por Hierarquias, seres cujas energias impulsionam a Criação, estimulando o desenvolvimento da Existência.

As Hierarquias habitam o cosmos inteiro e compõem uma rede transmissora de impulsos evolutivos para os vários mundos, denominada Irmandade, composta de seres dos diversos reinos, tais como o espiritual, o dévico, o angélico, entre outros.
Uma Hierarquia pode vir a contatar um ser humano, quando ele desperta para padrões de conduta condizentes com a evolução. 


Para Ela, cada fagulha de vida tem importância única. Ela cria condições para que os homens subam patamares de consciência, sempre sem interferir no livre-arbítrio. Ela é representada por uma miríade de entidades de vários nivéis distintos, podendo ser planetária, solar, cósmica ou galáctica. Também pode se constituir de grupos de mônadas  que responderam ao chamado para tarefas evolutivas.


A G.F.B.U., é uma Hierarquia Cósmica que protege e guia a Humanidade Terrestre há éons, encarregando-se de resguardá-la de total autodestruição.


É composta de Seres Ascensionados, que já viveram na Terra e ao evoluírem seguindo as Leis Universais, optaram por ajudar a Terra ao invés de permanecerem nas esferas de Beleza e Perfeição.


A G.F.B.U. segue a divisão do Plano Divino, que desde O Reino Celestial até a Terra, divide-se em sete seções ou Raios Cósmicos, que são compostos de seus Diretores e equipe Angélica.


Desde a sua criação a Terra passou pela solidificação. pela formação da ionosfera, estratosfera, pelas primeiras formas celulares, até chegar nas primeiras formas primitivas humanas físicas. Neste período, há dezoito milhões de anos atrás de primeiras formas humanas físicas, o Planeta serviu de berço para a encarnação de diversos seres do cosmos. A literatura espírita cita principalmente a encarnação dos espíritos exilados de Capela .

Porém, há um intervalo de tempo quase infinito e desconhecido na história da Terra. Foi o período – 500.000 anos atrás- em que há registros da presença de extraterrestres, interplanetários bons e maus, em várias partes do Globo. 

Neste período inicial ,houve a encarnação da 1ª raça raiz chamada de “El” que é um dos nomes de Deus e significa “Elevação”e 2ª raça raiz, tão bem conhecida da Teosofia e outros estudos ocultistas, e que não eram propriamente raças físicas, completamente materializadas. “A segunda raça terrestre recebeu o Nome Sagrado de Issim, que tem vários significados: um deles é o de “almas abençoadas e predestinadas”, um outro é o de “príncipes e princesas”.
Outros sinônimos igualmente válidos: “filhos legítimos do Rei” e “encarnação da Divina Realeza”.  Realeza atávica, predestinada. Divina Realeza impressa na carne e no sangue – esta foi a essência da segunda humanidade da Terra e, conseqüentemente, o espírito da segunda Idade de Ouro do planeta.
Apesar de nome tão belo, essa segunda Raça tornou-se mais conhecida pelo nome de Hiperbórea por ter habitado o continente de mesmo nome localizado no Ártico, superfície terrestre, onde recebeu a necessária influência dos Pitris Lunares. Como os Els, os Issim também podiam ser chamados de hermafroditas, pois, quando queriam, o macho e a fêmea podiam se fundir um no outro, constituindo um único corpo.
Em relação aos Els, os Issim tinham corpos mais sólidos (se bem que infinitamente mais etéreos que os da atual humanidade terrestre), eram mais baixos e mais numerosos.
Assim como os Els, os Issim, nascidos do Espírito, no Espírito permaneceram para sempre, até hoje continuam ouvindo claramente a Voz do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Certamente por causa da própria vibração do nome de sua Raça – Issim, que enfatiza a filiação divina – essa segunda humanidade, em seu contato direto com Deus, chamava-o de Pai-Mãe. Ou seja: vivenciou plenamente, e de uma forma muito pessoal, a Paternidade e a Maternidade Divinas. Os Els, ao contrário, jamais se referiam a Deus como Pai ou Mãe e, sim, como Criador, a Fonte, o Todo, o Tudo, o EU maior.”

Isto só se deu na 3ª raça raiz Lemuriana. (Aqui vamos deixar os milênios se passarem e nos adiantar no tempo Com a encarnação de espíritos extraterrestres, principalmente os de Capela, a Terra seguia seu destino cósmico e os homens sobre o planeta viviam sobre o reino do terror, dominação e violência. 

Quando este clímax atingiu os pontos de saturação vibratória máxima- que é conhecido nos códigos estelares com o código 666- abalando o equilíbrio dos planetas próximos, os Diretores Estelares decidiram intervir. Um Ser da hierarquia de Vênus se ofereceu ao sacrifício de salvar a Terra.

SANAT KUMARA

A vinda desse ser é conhecida nos tratados de Teosofia e em todos estudos ocultos do Planeta. Depois que Sanat Kumara assumiu o compromisso de vir para a Terra, e aqui permanecer até que um único ser humano se iluminasse, 144.000 almas extraterrestres de Vênus, ofereceram-se para vir com ele e apoiar sua missão. "Quando a HORA CELESTE soou, o gigantesco mecanismo pôs-se em movimento. As estrelas indicaram a partida dos Deuses e dos Senhores da Chama e de acordo com a Lei, constituíram uma ESFERA DE FOGO de irradiação incalculável e lançaram-se celeremente `a grande aventura cósmica que se iniciava (em Vênus) na mais elevadas alturas do Sistema e devia culminar naquele pequeno lugar da Terra, que era a ILHA BRANCA, sobre o mar de Gobi.A época de sua chegada ao Planeta Terra, corresponde ao período da raça Lemuriana ou Terceira raça raiz, há dezesseis milhões de anos a.C. Quatrocentos kumaras que formaram a vanguarda, construíram o magnífico retiro de Samballa num trabalho que foi chamado de "Projeto Vida" na ilha de Gobi – hoje deserto de Gobi.


SANAT KUMARA E A CONSTRUÇÃO DE SHAMBALLA

Quando o planeta estava imerso em trevas, ele se ofereceu para sustentá-lo com sua própria Luz e instalou a Chama Trina no coração dos homens.

Sanat Kumara é um Grande Ser de Luz, Regente do Planeta Vênus, cuja população vive em dimensões muito elevadas. É também é conhecido como Ancião dos Dias e Deus da Paciência. Seu complemento divino é Lady Vênus, co-regente do planeta Vênus.
Após a "queda do homem", a Terra cobriu-se de uma nuvem escura e seu quociente de luz caiu tanto a ponto de as grandes hierarquias do universo se reunirem para decidir o destino dela, já que não irradiava o mínimo de luz necessário para existir como planeta de evolução.
Nesse grande conclave cósmico, Sanat Kumara estava presente e, para espanto de muitos, ofereceu-se para manter a Terra com sua própria luz até que as milhares de almas que aqui estavam para evoluir atingissem um nível satisfatório de crescimento espiritual. Ele assumiu o compromisso de só sair da Terra quando atingisse seu objetivo - além de preparar alguém para deixar em seu lugar. Isso levou muitos eons (milhares de anos).

Antes da chegada de Sanat Kumara, 30 Kumaras vieram para preparar o planeta e construir um local para recebê-lo: Shamballa, a Cidade Luz. Esses iluminados encarnaram muitas vezes. Guiados por sonhos e intuições, foram construindo Shamballa para receber o grande Pai Kumara.

A construção durou 900 anos, pois ela sofria ataques constantes e parte do trabalho caia por terra. Os "Kumaras" e os companheiros de outras estrelas, reencarnavam sonhando com a cidade perdida, indo em busca dela, em cada reencarnação, construindo-a, e na maioria das vezes sendo mortos pelos seres primitivos.  Seu projeto é a réplica da Shamballa Vênus. Foi construída de mármore branco, num local da Ásia Central conhecido como Ilha Branca, que ficava num lago-mar sereno onde é hoje o Deserto de Gobi, na Mongólia. Era um lugar suntuoso, com jardins e muitas flores. Podemos ter uma vaga idéia do que foi Shamballa a partir do Taj Mahal, construído muito tempo depois por Mestre El Morya em uma de suas encarnações na India, inspirado na arquitetura da Cidade Luz.

Concluída a cidade sagrada, Sanat Kumara veio com uma corte de mestres, anjos e arcanjos. Uma grande cerimônia, que a Terra nunca tinha visto, aconteceu então. O Grande Kumara, com o auxílio de mais três, ancorou na Terra a Sagrada Chama Trina. Um dos Kumaras invocou o Raio Azul, o outro invocou o Raio Rosa e o terceiro invocou o Raio Dourado e Sanat Kumara fez uma síntese dos três, oferecendo-a à Terra e à humanidade. Imediatamente, a natureza se renovou, animais e plantas reviveram e cada homem na Terra sentiu uma faísca de amor arder em seu coração. E a Terra então começou a mudar.

Foi um grande momento cósmico, e muitos irmãos das estrelas se ofereceram como voluntários para ajudar no grande projeto. Segundo os registros da Grande Fraternidade Branca, 9000 seres vieram imediatamente dos reinos humano, angélico e dévico. Segundo nossa contagem de tempo, Sanat Kumara e sua equipe permaneceram na Terra aproximadamente 16 milhões de anos.

Shamballa é o maior foco de luz da Terra, que ajuda a manter o equilíbrio energético do planeta. E é o lugar "onde a vontade de Deus é conhecida", como está escrito na Grande Invocação.

Assim que se fixou em Shamballa, Sanat Kumara fundou a Grande Fraternidade Branca, com a ajuda de tres grandes seres: Lord Gautama (conhecido mais tarde como "Buda" em sua encarnação como Príncipe Sidartha) e Lord Maitreya, o Cristo Cósmico e o Sumo Sacerdote ou Lord Melquisedeck. A partir daí, a Fraternidade Branca direcionou a evolução espiritual do planeta Terra sob a orientação maior de Sanat Kumara até que, com a entrada da Era de Aquário, o Ancião dos Dias pôde voltar ao seu planeta natal, já que a Terra já está no caminho sem volta da ascensão espiritual.
Segundo informações dos seres de luz da Fraternidade Branca e da Confederação Intergaláctica, até o ano de 2012 do Calendário Gregoriano, a Terra terá dado seu salto quântico para outras dimensões de luz.

O retiro de Shamballa estava no universo material mas era de natureza etérica, sutil. Quando ocorreu sua transferencia para os reinos mais etéricos, invisíveis, Sanat Kumara, encarnou como Dimpankara, o primeiro de outras vinte e quatro reencarnações, num longo esforço de trazer luz à humanidade primitiva Do esforço destes seres, uma nova humanidade surgiu ao longo dos milênios, até a iluminação de Gautama Buda, que apartir de 1956, é o substituto principal do Projeto Vida Sanat Kumara, pois é o Ser mais elevado na sua Consciência Divinizada desenvolvida na Terra.

Sanat Kumara, em cerimônia muito especial ocorrida em 1956, passou o seu cargo de Senhor do Mundo ao Muito Amado Lord Gautama.

Shamballa está mais viva do que nunca, na Quarta Dimensão da Terra, esperando pela humanidade e pela grande ascensão planetária que já começou.



 (Este quadro de Shamballa foi pintado por meu Amigo Jorge L. Dias em 2008)


SHAMBALLA, SEDE DA HIERARQUIA ESPIRITUAL DA TERRA


Shamballa, situada na esfera sutil sobre o Deserto Gobi, é considerado o maior e mais suntuoso Centro de Luz espiritual da Terra. Há milhões de anos, ele foi construído fisicamente em uma ilha no Mar de Gobi. Quando naquele lugar, onde então se estendia um vasto mar, através de comutações planetárias, se desenvolveu o deserto, Shamballa foi elevado a esferas sutis. Seu regente é "O Senhor do Mundo" GAUTAMA/(Budha).

Originalmente Shamballa foi consagrado ao grande SANAT KUMARA, que veio à Terra com amorável compaixão, quando a humanidade daquela época teve uma queda tão profunda, que o Conselho Cármico tinha resolvido a dissolução da Terra, porque ela não tinha mais razão de existir no Sistema Solar. Com seus auxiliares, ele se prontificou a salvar a Terra. A essa atividade ele se dedicou durante eras, até que, há alguns decênios atrás, seu então aluno - hoje GAUTAMA - se qualificou como seu sucessor e ele pôde voltar a Vênus, seu planeta pátrio. Aqui é guardado o poderoso Foco Ardente da Chama Trina para a Terra, que irradia para nós humanos o equilíbrio do Caminho do Meio, ensinado por GAUTAMA, enquanto ele permanecia na Terra como Budha - o equilíbrio de todas as Forças que partem dessa chama.


Assunto pesquisado e redigido por mim Anna Aguyrre, com base em, sites da internet e livros:

- Eu Sou Eternamente Livre - Luis Carlos Silveira Dias

- Meditando com os Mestres dos 7 Raios - Maria Silvia P. Orlovas
- O Resgate - Marisa Varela
- Ensinamentos da Ponte para Liberdade - com base no curso que participei do Projeto Renascer
- Ensinamentos da Summit Light House
- Ensinamentos do curso " Os Sete Raios e os Sete Mestres" - Divina Presença

(Obs: Esta é apenas a 1ª parte desta pesquisa - continua...)



Para acessar a continuação deste estudo acesse os links abaixo:












sexta-feira, 27 de abril de 2012

QUEM ÉS EXU?


Achei além de lindo este poema, muito esclarecedor, aproveito pra homenagear estes Guardiões da Luz que tanto se esforçam pra aplicar a Lei Divina nas situações adversas, especialmente homenageio o meu grande Amigo, Mentor e Protetor, meu Mestre de todas as horas...Laroyê Exu Tiriri!!!


QUEM ÉS EXU???

Quem és, oh Elegbara!?

Que com teu falo em riste deixava estupefatos os zelosos sacerdotes do clero católico.
Só pode ser o demônio infiltrado nestas tribos primitivas que habitam o solo árido da África, gritavam os inquisidores zelosos.
Negros sem alma, que só pensam em se reproduzir, em ofertar para a fertilidade da lavoura, levem-nos para o Brasil e vendam-nos como escravos que lá aprenderão as verdades dos "céus".

Cá chegando, quem és, Exu, "orixá" amaldiçoado pela dualidade judaico-católica, que não pôde ser sincretizado com os "santos" santificados pelos papas infalíveis...

Quem és, Exu, que os homens da Terra determinam que não é santo e por isto é venerado escondido no escuro das senzalas e seus assentamentos ficam enterrados em locais secretos?

Quem és, Exu, que o vento da liberdade que aboliu a escravidão "enxotou" para as periferias da capital de antanho?

Quem és, Exu, que o inconsciente do imaginário popular vestiu com capa vermelha, tridente, pé de bode, sorridente entre labaredas, que por alguns vinténs, farofa, galo preto, charuto e cachaça, atende os pedidos dos fidalgos da zona central que vêm até o morro em busca dos milagres que os santos não conseguem realizar?

Quem és, Exu, que continua sendo "despachado" para não incomodar o culto aos "orixás"?

Exu, é entidade? Então não entra dizem os ortodoxos que preconizam a pureza das nações.

 "Aqui não tem lugar para egum... espírito de morto..."
Exu, fique na tronqueira. Médiuns umbandistas pensem nos caboclos e pretos velhos, não recebam estes Exus, admoestam certos iniciados chefes de terreiro. Eles são perigosos para os iniciantes.

Sim, estes iniciantes e iniciados que pelo desdobramento natural do espírito durante o sono físico vão direto para os braços do seu
quiumba – obsessor - de fé, e saem de mãos dadas para os antros de sexo, drogas, jogatinas e outras coisitas prazeirosas do umbral mais inferior. Noutro dia, sonolentos e cansados do festim sensório, imputam a ressaca ao temível Exu.

Oh! Quantas ilusões!!!!!!
Afinal, quem és tu, Exu?
Por que sois tão controverso?
”Eu mesmo vos respondo... Iah, ah, ah, ah....
Não sou a Luz...
Pois a Luz cristalina, refulgente, só a de Zambi, Olorum, Incriado, Deus, seja lá que nome vocês dão...

Não sou a luz... Mas sou centelha que refulge.

Logo sou espírito em evolução. Esta não é uma peculiaridade nossa, só dos Exus, mas de todos os espíritos no infinito cosmo espiritual. Afirmo que não existe espírito evoluído, como se fosse um produto acabado. Todos os espíritos, independente da forma, estão em eterna evolução, partindo do pressuposto que só existe um ser plenamente perfeito, um modelo de absoluta perfeição, o próprio Absoluto, Deus.
Assim, perante os "olhos" de Olorum, sou igual aos pretos velhos, caboclos, baianos, boiadeiros, ciganos, orientais...

As distinções preconceituosas ficam por conta de vocês.

Não sou a luz, mas tenho minha própria luminosidade, qual labareda de uma chama maior, assim como todos vós. Basta tirar as nódoas escuras do candeeiro que vos nublam o discernimento que podereis enxergá-la, lá dentro de vós, o que chameis de espírito.

Há algo que me distingue dos demais espíritos. É o fato de eu não estar na luz. Meu habitat é a escuridão. Os locais trevosos onde há sofrimento, escravidão, dominação coletiva, magismo negativo, castelos de poder alimentados pelo mediunismo na Terra que busca a satisfação imediata dos homens, doa a quem doer.

O que eu faço lá?

Eu, um Exu, entre tantos outros, levo a luz às trevas, qual cavaleiro com candeeiro em punho.
Dentro da lei universal de equilíbrio, eu abro e fecho, subo e desço, atuo na horizontal e na vertical, no leste o no oeste, atrás e na frente, em cima e embaixo, impondo sempre o equilíbrio às criaturas humanizadas neste planeta, encarnados e desencarnados aos milhões.

O Cosmo é movimento, nada está parado, nada é estático.

Eu sou movimento. Não sou as ondas do mar, mas eu as faço movimentar-se... Não sou as estrelas na abóbada celeste, mas meu movimento faz a sua luz chegar até as retinas humanas... Não sou o ar que perpassa as folhas, mas as suas moléculas e partículas atômicas são mantidas em coesão e movimentadas pela minha força....

Iah, ah, ah...

Este equilíbrio não se prende as vontades humanas e aos vossos julgamentos de pecado, certo ou errado, moral ou imoral. Eu atuo no contínuo temporal do espírito e naquilo que é necessário para a evolução, retificando o carma quando justo. Se tiverdes programado nesta encarnação serdes ricos, o será com axé de Exu. Se for o contrário, se em vida passada abusou da riqueza, explorou mão de obra, matou mineiros e estivadores de canaviais, estuprou escravas, é para o equilíbrio de vosso espírito serdes mendigo infértil. Nascerás em favela sentindo nas entranhas o efeito de retorno, com axé de vosso Exu que vos ama, assim como um elástico que é puxado esticando e depois volta à posição de repouso inicial, estarei atuando para que seja cumprida a Lei de Harmonia Universal, mesmo que "julgueis" isto uma crueldade.

Eu, Exu, vos compreendo.
Vós ainda não me compreendeis.
Eu sou livre, livre e feliz.
Vós sois preso, preso e infeliz no ciclo das reencarnações sucessivas.

Eu dou risada.

Iah, ah, ah, ah !!!!”

Sabe por quê?
Porque eu sei que no dia que o Sol não mais existir, vosso planeta for mais um amontoado de rocha inerte vagando no cosmo, estaremos vivos, vivos, muito vivos, evoluindo, evoluindo, sempre evoluindo.
Assim como vim para a Terra como caravaneiro da Divina Luz há milhares de anos atrás, assim iremos todos para outro orbe quando este planeta "morrer".
Quando este dia chegar, vós estareis um pouco menos iludidos com as pueris verdades emanadas dos homens e seus frágeis julgamentos religiosos.
Eu, Exu, vou trabalhar arduamente para quando este dia chegar, vós estejais menos iludidos e, quem sabe, livre da prisão do escafandro de carne, assim como eu sou livre, livre, livre e feliz.

Iah, ah, ah, ah, ah

"Exu que ditou esta mensagem é mais um dentre tantos que se denominam Exu Tiriri Rei da Encruzilhada e labutam em prol da Divina Luz, nossa amada Umbanda."
 Médium: Norberto Peixoto 
Grupo de Umbanda Triangulo da Fraternidade


A GRANDE RESPONSABILIDADE DO HOMEM



Você não ignora que o corpo humano tem as suas atividades propriamente vegetativas, mas talvez ainda não saiba que o corpo perispiritual, que dá forma aos elementos celulares, está fortemente radicado no sangue.
Na organização fetal, o patrimônio sanguíneo é uma dádiva do organismo materno. 
Logo após o renascimento, inicia-se o período de assimilação diferente das energias orgânicas, em que o “eu” reencarnado ensaia a consolidação de suas novas experiências e, somente aos sete anos de vida comum, começa a presidir, por si mesmo, ao processo de formação do sangue, elemento básico de equilíbrio ao corpo perispirítico ou forma preexistente, no novo serviço iniciado.O sangue, portanto, é como se fora o fluido divino que nos fixa as atividades no campo material e em seu fluxo e refluxo incessante, na organização fisiológica, nos fornece o símbolo do eterno movimento das forças sublimes da  Criação Infinita.
Quando a sua circulação deixa de ser livre, surge o desequilíbrio ou enfermidade e, se surgem obstáculos que impedem o seu movimento, de maneira absoluta, então sobrevém a extinção do tônus vital, no campo físico, ao qual se segue a morte com a retirada imediata da alma.
Fortemente impressionado com a revelação do respeitável amigo, observei:
Oh! Como é grande a responsabilidade do homem, em frente ao corpo material!
– Diz bem – acrescentou o orientador – ao se referir com semelhante admiração a esse soberano dever da criatura reencarnada. Sem atender às pesadas responsabilidades que lhe competem na preservação do vaso físico,  homem algum poderá realizar o progresso espiritual.
O Espírito renasce na carne para a produção de valores divinos em sua natureza; mas como atender ao semelhante imperativo, destruindo a  máquina orgânica, base fundamental do serviço a fazer? 
Inda agora, referia-se você à lei da herança. 
O corpo terreno é também um patrimônio herdado há milênios e que a Humanidade vem aperfeiçoando, através dos séculos.
O plasma, sublime construção efetuada ao influxo divino, com água do mar, nas épocas primitivas, é o fundamento primordial das organizações fisiológicas. 
Em voltando à Crosta, temos de aproveitar-lhe a herança, mais ou menos  evolvida no corpo humano. 

A essa altura das elucidações surpreendentes para mim, Alexandre, depois de ligeiro intervalo, continuou:
– Por isso mesmo, não desconhece você que, enquanto nos movimentamos na esfera da carne, somos criaturas marinhas respirando em terra firme. 
No processo vulgar de alimentação, não podemos prescindir do sal; nosso mecanismo fisiológico, a rigor, se constitui de sessenta  per cento de água salgada, cuja composição é quase idêntica à do mar, constante dos sais de sódio, de cálcio, de potássio.
Encontra-se, na esfera de atividade fisiológica do homem reencarnado, o sabor do sal no sangue, no suor, nas lágrimas, nas secreções. Os corpúsculos aclimatados nos mares mais quentes viveriam à vontade no  liquido orgânico. 
Há verdadeiras surpresas de comparação analógica que poderíamos efetuar neste sentido.
Não soube o que responder, em vista das definições ouvidas, e, ante o meu silêncio, foi o próprio Alexandre que continuou, depois de significativa parada:
– Como vê, ao renascermos na Crosta do Mundo, recebemos com o corpo uma herança sagrada, cujos valores precisamos preservar, aperfeiçoando-o. As forças físicas devem evoluir como as nossas almas. 
Se nos oferecem o vaso de serviço para novas experiências de elevação, devemos retribuir, com o nosso esforço, auxiliando-as com a luz de nosso respeito e equilíbrio espiritual, no campo de trabalho e educação orgânica.
O homem do futuro compreenderá que as suas células não representam apenas segmentos de carne, mas companheiras de evolução, credoras de seu reconhecimento e auxílio efetivo.
Sem esse entendimento de harmonia no império orgânico, é inútil procurar a paz.

Francisco Cândido Xavier - Missionários da Luz - pelo Espírito André Luiz  pag.220

A VERDADEIRA RELIGIOSIDADE




A luz da verdadeira religiosidade está provisoriamente compartimentada na Terra. Iludem-se os filhos pelo falso brilho e, aprisionados nas religiões que praticam, consideram-se "salvos". Não são muito diferentes das mariposas atraídas cegamente pela luminosidade das lamparinas nas varandas da casa do sinhô. Facilmente se afogavam no azeite ou caíam ao solo pela oleosidade que paralisava suas delicadas asas, sendo rapidamente devoradas pelos répteis rastejantes ao longo da noite que nos encobria, escravos exaustos.

Saibam que no passado de grande opressão aos cultos ancestrais, esta preta velha, triste, ficava sentada na entrada da senzala. Ao fundo, escutava gemidos provocados pela dor das chibatadas dirigidas aos dorsos nus dos negros "preguiçosos". Pensava que, se não houvesse perseguições religiosas e se cada um dos manos brancos procurasse o caminho mais desejável para apaziguar a ânsia espiritual que os afligia - não somente quando seus filhos ou eles mesmos adoeciam, ocasiões em que, sem jeito, às escondidas e com pouca modéstia, pediam cura aos intermediários dos orixás -, não haveria tanto conflito até os dias atuais.
Religiões, doutrinas, crenças, cultos e ritos, raças, sexos, idiomas, riqueza e pobreza, saúde e doenças, alegrias e dores, todas as diferenças psíquicas e biológicas, as peculiaridades características das formas que animam as personalidades mortais, tudo isso nada mais é que ilusórios degraus, os quais devem ser superados a caminho da real escada evolutiva do espírito.

Se hoje nos apresentamos como fomos ontem - eu, por _exemplo, com a aparência de uma preta velha, contando "causos" e descontraindo os ânimos -, é para chegarmos mais facilmente aos endurecidos corações da Terra. A Umbanda despersonaliza legiões de espíritos e libera-os do apego às formas, uma vez que não importa qual é a entidade espiritual curvada diante de seu aparelho no terreiro, e sim sua essência missionária: fazer a caridade com Jesus.

A Umbanda molda-se à diversidade das consciências e é ativa, dinâmica, universalista e convergente em sua parte visível terrena, estável e firme no espaço oculto. Nessa abençoada "mistura", todos estão evoluindo.

Graças a Oxalá, a umbanda não é mais uma lamparina que afoga e imobiliza os que buscam a luz espiritual.

Vovó Maria Conga

Texto do  Boletim Eletrônico Doutrinário do T. E. do Cruzeiro da Luz
Ano 2012 – 21




NO PLANO ESPIRITUAL AS FORÇAS SE UNEM


Olá Amigos, esse texto não fui eu que escrevi mas me vi em cada linha dele,exatamente como me sinto, como penso e como vejo a Espiritualidade de luz, a Universalidade, a caminho da Consciência Crística, a UNIDADE!!! Repasso com amor no coração.





        O
 movimento universalista é uma presença intensa no coração de muitas pessoas,especialmente no século XXI que é marcado pela liberdade de religião, pelas pesquisas científicas no campo da fé que vem buscando unir ciência com espiritualidade de uma forma inédita para humanidade. Dessa tendência que vem aflorando naturalmente na alma de cada pessoa, encontramos uma provável mensagem incutida em cada movimento: as filosofias devem se ajudar, as doutrinas, religiões ou crenças precisam se misturar umas as outras, porque senão, as verdades universais jamais se mostrarão em harmonia para a humanidade.
            A espiritualidade não é uma religião ou uma filosofia espiritual, mas um estado de espírito. O ser espiritualizado não é necessariamente aquele que realiza práticas dentro dessas mesmas filosofias ou religiões, mas é aquele que conhece as leis universais e as pratica como regra de vida.
            Não fazer para o outro o que não quer que façam para você e amar ao próximo como a si mesmo, são as principais entre essas leis universais. Algumas outras igualmente importantes como a lei de causa e efeito - também conhecida como a lei do karma. A Lei do Mentalismo que diz que o universo é mental pois tudo se processa pela influência dos nossos pensamentos. Além da lei da evolução constante: haja o que houver, o universo não para, pelo amor ou pela dor, precisamos evoluir na mesma direção.
            Essas são algumas das principais leis naturais que estão acima de qualquer religião ou filosofia, entretanto, quando as próprias religiões ou filosofias agem no sentido de compreendê-las, tornam-se também benéficas. Caso contrário, ao invés de ajudar as pessoas, acabam por escravizá-las, criando dependência e medo.
            Existem muitas linhas religiosas no mundo atuando com bondade, seriedade e verdade, todavia não temos como esconder que o caminho do universalismo torna o ser humano livre, estimula a expansão da consciência e mostra que o determinismo pode ser a porta de entrada da escuridão na vida das pessoas. Isso porque o universo é muito amplo para que determinados conceitos tornem-se imutáveis durante os tempos.
            Sendo assim, sob a orientação dos amparadores espirituais que me orientam na prática da escrita mediúnica, Cristopher, Astrol, Benedito, Aurélio, Amílio, Tattus e tantos outros que aparecem para dar suas contribuições nos artigos, percebi que os rótulos que temos na Terra, que é o costume de dar sempre nomes as coisas ou situações, são de natureza puramente mundana, porque no plano espiritual não há separações. Nas zonas mais sutis da nossa existência, os seres de Luz não brigam entre si para ver quem são os mais fortes ou poderosos, contudo, dedicam-se sem descanso para unir esforços e fazer dessa união a força redentora que iluminará a humanidade.
            Por isso, quando você quiser buscar e encontrar evolução da consciência, não se preocupe em enquadrar os temas ligados a espiritualidade, em especial os desse site como isso ou aquilo, dessa religião ou de outra, porque não é o que mais importa e não é o que esses amados amparadores espirituais desejam.
            Particularmente, como professor, palestrante, estudante das religiões e das lições de amor deixadas pelos Grandes Mestres da Humanidade*, como Gandhi, Jesus, Madre Teresa, Maria, Pena Branca, Padre Pio, São Francisco, Chico Xavier, Allan Kardec, Kuan Yin, Yogananda entre outros, tenho muita simpatia por várias religiões ou filosofias religiosas. Mesmo assim, acredito que o homem será especialmente livre se ele souber criar a religião da orientação interior, onde imperam a filosofia do amor e da prática do bem.
            No contato que estabeleci com os orientadores espirituais durante todo esse período que me dedico a escrever, percebi a facilidade em que eles transitam por todas as frequências vibratórias, onde estão situadas as diferentes crenças humanas. Dessa forma compreendi com admiração que o maior ensinamento é o da união de esforços. Por isso vai a minha humilde opinião: que você aproveite tudo que tem de bom  em todas as fontes de conteúdo relacionados a espiritualidade e a evolução da consciência, sem preconceitos ou críticas. Sinta com o coração cada jeito de expressar a mensagem ou de se conectar com Deus que você encontrar. Assim, extraia a sua verdade, que deve iluminar seus passos no caminho da sua vida eterna.
            Utilizo para a construção da maioria dos textos que escrevo o mecanismo da mediunidade. Na história da humanidade essa faculdade psíquica sempre foi empregada por diversos povos, nas suas mais variadas manifestações. A mediunidade foi e é amplamente estudada e praticada aqui no ocidente, junto aos irmãos da doutrina espírita, codificada e difundida pelo nobre Allan Kardec. Entretanto, o fato de utilizar das minhas faculdades mediúnicas não me torna obrigatoriamente um espírita, da mesma forma que ao participar de uma missa eu não me torne um católico, ou se eu pronunciar mantras todos os dias pela manhã também não me transforme em um budista. A mediunidade é um dom que todos, sem exceção, temos, e que particularmente venho lapidando há algum tempo.
            Pronuncio-me dessa forma, com toda a verdade do meu coração, respeitoso por todas as religiões, levando a bandeira da união para que entendamos definitivamente que no astral superior as correntes de egoísmo não se cristalizam como na Terra. Por isso, peço a você leitor que compreenda que quando falo assim não faço jamais em tom de crítica, mas de celebração, porque junto aos amparadores espirituais aprendi que esse é o melhor caminho a seguir, o do universalismo espiritual e da união cósmica.
            Todos nós seremos cada vez mais felizes quando soubermos aproveitar a fé Evangélica na palavra de Jesus, a disciplina nas práticas Hindus, as iniciações espirituais da Igreja Católica, a proteção extrafísica e a cura sem igual da Umbanda Sagrada, o intercâmbio libertador com os planos sutis da Doutrina Espírita, a sintonização com as correntes de energias mais elevadas do universo encontrada no Budismo, e assim por diante.
            Foi munido dessa força e com essa fé que sempre me apresentei de forma devotada ao trabalho de transcrever as orientações que recebi ao longo da minha experiência como escritor na interação com o mundo espiritual, mas sem jamais me rotular por isso. Sou filho de Deus, sou um ser em evolução, é isso que sou! E também pelo que percebi, é isso que esses nobres amparadores desejam para mim e para todos nós. Não alcancei a iluminação, ainda não sou mestre de nada, mas sou um indivíduo empenhado em fazer algo para que cada dia mais conquistemos, qualidade de vida, consciência cósmica e liberdade espiritual. Por último, desejo do fundo da minha alma, que possamos usar todo o conhecimento espiritual para nos libertarmos, para sermos mais felizes e principalmente para nos amarmos e amarmos o nosso próximo cada dia mais. Sempre que esse movimento abençoado estiver acontecendo, poderemos ter a garantia de que estaremos no caminho certo, navegando a favor da correnteza universal de evolução para o amor e para o bem maior.

POR    BRUNO J. GIMENES
PROFESSOR E PALESTRANTE, MINISTRA CURSOS E PALESTRAS PELO BRASIL