Sejam bem vindos ao Ametista de Luz,
Ametista de Luz é um blog que vem para somar, nunca para competir ou dividir. Estou aqui, à luz da Universalidade Crística que habita em meu coração. Minha religião é Deus e EU SOU LIVRE, pois EU SOU O QUE EU SOU.
Ametista de Luz, representa o caminho que venho trilhando na busca pela minha evolução como ser humano e espiritual e da responsabilidade com a vida ao meu redor. Decidi que era hora de dividir com vocês aquilo em que acredito, aquilo que tenho buscado e o que tenho aprendido. Não tenho intenções de forçar ou violentar consciências, pois cada um é livre para crer ou não e naquilo que quiser. Este blog tem por objetivo levar, agregar conhecimentos, alargar conceitos, desmistificar, permitir novos olhares sobre coisas velhas e estagnadas, descortinar coisas que para muitos ainda estão escondidas.Que através dos conhecimentos diversos das diferentes doutrinas, religiões, filosofias, teosofias que este singelo serviço de amor e luz possa iluminar as vidas de todos aqueles que o acessarem, ajudando-os assim a expandirem suas consciências rumo ao divino que todos somos.Nunca esquecendo que não existem verdades absolutas no Universo e que ninguém é dono dela.
Que eu possa partilhar com vocês essa busca e esse caminho de pura luz que emana de meus Amados Mestre Jesus, o Christo e de Mestre Saint Germain, o Avatar dessa Era da Chama Violeta ou Era de Aquário e da Equipe Espiritual que me guia.
Paz e Luz, Namastê, Axé, Aranauam, Saravá, Motumbá, Salve, Shalom, Kolofé, Shaumbra, Mitakue Oyasin...!!! Anna Aguyrre

terça-feira, 3 de setembro de 2019

RITUAL DE GANESHA




Todo ano, a Índia dedica 10 dias para celebrar GANESHA, a divindade da Criatividade e Prosperidade, o Senhor absoluto que remove os obstáculos da vida de todos.
Os festivais de Ganesha são realizados no quarto dia da Lua Crescente no mês de Bhadrapada (agosto ou setembro, dependendo do ano). E também no aniversário de Ganesha, celebrado do quarto dia da Lua Crescente do mês de Magha (janeiro ou fevereiro).
Em 2018, o Festival ou Chaturthi de Ganesha começará no dia 13 de setembro e terminará em 23 de setembro. Nesses 10 dias, deve-se escolher três dias para realizar o Ritual de Lord Ganesha que descrevo abaixo.

Material Necessário:

§ Uma estatueta de Ganesha ou de um elefante;
§ Pacotinho de incenso de sândalo (palitos);
§ Um potinho (tipo xícara de cafezinho) com arroz cozido só na água (sem tempero algum);
§ Um potinho com balinhas de coco e jujubas
§ Um potinho com 9 moedas
§ Flores amarelas e vermelhas (naturais ou artificiais);
§ 1 vela amarela;
§ 1 vela vermelha;
§ 1 vela laranja
§ Papel e lápis.


Primeiro dia:

1) Prepare um pequeno altar, enfeite-o com um paninho e coloque Ganesha sobre uma peanha (um pequeno pedestal) ele deve ficar mais alto que as oferendas;

2) Ofereça-lhe as flores, as moedas, o docinho e o arroz;

3) Acenda o incenso de sândalo;

4) Faça uma reverência para a estatueta, com as mãos postas (dedos encostados na testa).

Diga em voz alta:

ALEGRE-SE, POIS ESTA É A HORA DE GANESHA!
O SENHOR DOS OBSTÁCULOS VEM LIBERADO PARA SEU FESTIVAL.
COM A SUA AJUDA, EU E MINHA FAMÍLIA SEREMOS BEM SUCEDIDOS.
EU O SAÚDO, GANESHA!
TODOS OS OBSTÁCULOS NA NOSSA VIDA SERÃO REMOVIDOS!
EU ME REGOZIJO EM SUA PRESENÇA, GANESHA.
BOA SORTE E NOVOS COMEÇOS FLUEM PARA MIM E MINHA FAMÍLIA.
EU O EXULTO, GANESHA!
EU ME REGOZIJO POR BOA SORTE E MUDANÇAS VINDOURAS NA NOSSA VIDA.

5) Em seguida, ACENDA as tres velas (a amarela, laranja e a vermelha);

6) Concentre-se em Ganesha e diga a ele quais são os obstáculos que estão obstruindo o seu caminho para o sucesso;

7) Concentre-se, verdadeiramente, com toda a sua atenção. Tente perceber o que a sua intuição lhe diz. Examine se os obstáculos são reais ou se, inconscientemente, você mesmo os está criando. Você poderá sentir que surge um novo caminho para ser trilhado;

8) ESCREVA no papel o que você gostaria de ver realizado e, depois, ponha o papel embaixo da estatueta, e diga:

ALEGRE DEUS DA CRIATIVIDADE,
AMADA E DILIGENTE DIVINDADE,
PROSPERIDADE, PAZ, SUCESSO.
EU PEÇO QUE COM ISSO ABENÇOE
A VIDA DE TODOS DA MINHA FAMÍLIA
E MOVA A RODA DA VIDA,
FAZENDO-NOS SENTIR MUDANÇAS POSITIVAS.

9) Faça novamente uma reverência, com as mãos na mesma posição;

10) APAGUE as velas e deixe o incenso se consumir.


Segundo Dia:

1. Acenda o incenso;

2. Faça a reverência e a primeira prece;  
  
3. Acenda as velas;

4. Concentre-se em Ganesha e repita para ele quais os obstáculos que precisam ser removidos;

5. Faça a segunda prece, seguida da reverência.

6. Apague as velas e deixe o incenso se consumir.

Terceiro Dia:

Repita os 5 primeiros itens do segundo dia, e deixe as velas queimarem até o fim e o incenso também. Em seguida:

a) As moedinhas devem ser colocadas em sua bolsa para serem usadas;

b) As flores naturais, depois de murchas, devem ser jogadas num jardim; se forem artificiais, use-as decorando algum cantinho de sua casa;

c) As balinhas devem ser comidas por você e pessoas mais chegadas;

d) O arroz deve ser colocado num lugar onde aves possam comê-lo;

e) O papel onde você anotou seus pedidos deve ser queimado ao ar livre ou perto de uma janela para a fumaça sair e levar seus pedidos para o Universo.



*Recomendo que a cada um dos dias em que seja feito o ritual sejam entoados os Mantras de Ganesha, especialmente o mantra:

 OM GAM GANAPATAYE NAMAHA
(pronuncie: om gam ganapataie namarrá)


Saudação invocando Ganapati, um dos nomes do Deus Ganesha, para remover todo tipo de obstáculo, seja emocional, material ou espiritual.

 Seu significado numa tradução bem literal seria: "Om e saudações àquele que remove obstáculos do qual Gam é o som seminal".


É considerado um Mantra muito poderoso e de efeito imediato. Pode ser entoado até nas situações de perigo iminente como risco de assaltos ou em situações de brigas e conflitos nas quais considere-se correr risco de vida.

Anna Cirene Aguyrre
Terapeuta Holística


GANESHA CHATURTHI 2019



Ganesha Chaturthi, (também conhecido como Ganesh Chauth ou Vinayak Chaturthi ou Vinayaka Chavithi/Vinayagar Chaturthi) é um festival hindu comemorado em homenagem ao nascimento de Lord Ganesha.
Em 2019 ele cai em 02 de Setembro, na segunda-feira e termina em Anant Chaturdashi em 12 de setembro na quinta-feira, também conhecido como Ganesh Visarjan,os devotos mergulham o ídolo de Lord Ganesh em um lago ou mar após uma longa procissão de gala pela cidade.


COMEMORADO POR TODA A SOCIEDADE


Ganesha é um filho divino do Senhor Shiva e de Parvati. Ele chamado líder de todos os deuses, e portanto, é adorado primeiro para despertar a consciência. Lord Ganesha governa todos os atributos positivos dentro de nós, portanto adorar Lord Ganesha garante o florescimento de todas as boas qualidades dentro de nós. A alegre ocasião do Ganesha Chaturthi une pessoas de todas as origens. É comemorado em toda a Índia, mas as festividades atingem seu pico em Maharashtra, Telengana e Karnataka. Os maravilhosos ídolos de barro de Lord Ganesha são instalados em casas e em pandals públicos (santuários temporários ou mandapas feitos por pessoas de uma  comunidade ou localidade específica) e cultuados por dez dias.


Ganesha é um Deus muito famoso e adorado em toda a Índia, está presente nas casas, carros, comércio, todos os lugares na Índia que você for, você encontrará um altar para ele. 
Um mês antes já se inicia toda a preparação, preces são feitas em dias marcados na semana onde todos da família se reúnem até o início do festival.
Todos os anos a data para o início do festival é modificada, dependendo do calendário hindu. Na Índia eles se baseiam na astrologia e em sinais para tudo o que fazem. Os astros são sempre consultados.   

  
Modak o doce preferido do Deus Menino Ganesha

Esse festival é passado de geração em geração, por isso ele é tão importante e especial para os Indianos. Todas as famílias se reúnem, montam e decoram seus altares para Ganesha. Colocam flores, fogo, frutas, doces… A comida favorita de Ganesha é chamado Modak. É o tipo de doce que só fazem durante o festival. Algo bem restrito a esse festival é que mulheres menstruadas não podem participar. Ela fica isolada em um quarto da casa quando não tem a opção de ir para outro lugar (outra casa). Ela não pode tocar nas pessoas que estão presentes, não podem tocar nas imagens, não pode tocar na comida. Esse período menstrual é tido como algo impuro e por isso mulheres nesse período menstrual ficam reservadas.

O festival é um momento de confraternização entre as famílias e amigos, pois eles saem visitando os altares em casas diferentes, cantando mantras e fazendo preces. No final das orações eles comem juntos, tudo isso faz parte do ritual.

O Festival termina com a imersão dos ídolos no décimo primeiro dia em um copo de água, rio, lago ou mar. O ídolo é imerso tradicionalmente com extensa fanfarra. Dependendo da tradição e do compromisso, certos lares ou pandals celebram este festival por um dia e meio, três dias, cinco dias ou sete dias. 

Idealmente,  um puja a Ganesha deve ser feito durante o Madhyanhana. Acredita-se Ganapati nasceu durante o Madhyahana Kala e portanto, esse período é considerado favorável ao culto. Por esse motivo, o Ganpati Sthapana e Ganpati Puja em Ganesh Chaturthi são realizados durante a parte do dia Madhyhna. Ao meio dia, Ganpati é adorado com todos os dezesseis rituais, também conhecidos como Shodashopachara Puja.

 No final de 11 dias, a imagem é levada às ruas em procissão, em seus altares ou carros, alguns são tão altos que impressiona pela imponência e beleza. Todos vão acompanhado dançando, cantando, ao som de tambores e mantras; “Ganpati Bappa Morya”.
A imersão de Ganesha no mar simboliza o adeus para a sua viagem de volta a sua morada em Kailash, levando com ele todo azar, removendo toda energia negativa, todos os obstáculos materiais, espirituais as tristezas e dando a todas as pessoas muita sorte, felicidade, paz e amor.



GANAPATI BAPPA MORYA!!!
(Amado Ganapati e/ou Senhor GANESHA oramos para lhe rogar que voltemos 
ano que vem cobertos de amor e bênçãos).

Fonte: Namastemundoporjoicegabriela.wordpress.com
           Rudraksha-Ratna.com
Fotos: 3,5 e 6 por Namastemundoporjoicegabriela.wordpress.com
Demais fotos: Internet autor não identificado


quarta-feira, 20 de março de 2019

20 DE MARÇO UM DIA ESPECIAL NA ÍNDIA - NASCIMENTO DA DEUSA LAKSHMI





Hoje 20 de Março é um  dia sagrado na Índia, dia de comemorar o  Vasanta Purnima, que  é o festival das cores onde o Senhor Krishna e a Senhora Radha, juntamente com as Gopis celebram atirando cores e brincando neste dia que assinala o começo da Primavera na Índia,é o dia da lua cheia, e coincide com Holi Festival das Cores, e, ainda se comemora o nascimento da Deusa Lakshmi, o chamado:


Lakshmi Jayanti - A celebração do nascimento da Deusa Lakshmi



     Holi Festival das Cores 
 Créditos na foto



SOBRE A DEUSA LAKSHMI



Lakshmi significa "boa sorte" para os hindus. A palavra "Lakshmi" é derivada da palavra "Laksya", do sânscrito, significando o "alvo", o "objetivo", o poder de alcançar a auto-realização.

Lakshmi é a Deusa do amor, da beleza, da sorte, da prosperidade, do sucesso, da fartura, da fertilidade e da auto-realização. Geralmente é representada com quatro ou seis braços, segurando uma flor de lótus, ou sentada sobre ela com um cântaro que jorra moedas de ouro e flanqueada por dois elefantes. Uma das mãos posicionada no mudra ABHAYA, o mudra do destemor. É o mudra que traz a confiança na Proteção no caminho da devoção, colocando o amor e confiança acima de todo e qualquer medo. Esse também é o mudra usado para a renúncia de tudo que não serve aos propósitos de seu caminho de luz. A outra mão posicionada no mudra VARADA, o mudra da generosidade, doação e capacidade de doar e conceder graça e prosperidade. 

As flores de lótus representam o conhecimento desenvolvido, enfatizando a importância de que, se as intenções da pessoa não são puras, generosas e fundamentadas no amor, a prosperidade não tem como se manifestar realmente. A Flor de Lótus simboliza também a transcendência do espírito sobre a matéria. 

As moedas de ouro que caem na terra da mão de Lakshmi ilustram o seu poder de criar e doar riqueza e prosperidade. Os dois elefantes ao fundo simbolizam a sabedoria que leva ao sucesso em todas as áreas da vida e a generosidade e capacidade de compartilhar e doar a prosperidade ao próximo. As trompas dos elefantes, que sustentam cânforas das quais jorram água, representam o Amrita, elixir da imortalidade do espírito.

Como Deusa da prosperidade Lakshmi, é chamada também como Dharidranashini (a que destrói toda a pobreza) e Dharidradvamshini (aquela que se opõe a pobreza e consciência de miséria). Outros nomes que são dados para Lakshmi incluem Hira (jóia), Indira (A Poderosa) e Lokamata (A Mãe do Mundo). 
Lakshmi é também chamada de Shri, a deusa indiana, que não só personifica a fortuna e a riqueza como também a corporificação da doação, generosidade,encanto, beleza, fartura e saúde.

Lakshmi é a eterna esposa de Vishnu. Quando Vishnu atravessou suas reencarnações, Lakshmi reencarnava com ele. Quando Vishnu se tornou Rama, Lakshmi tornou-se Sita. Quando ele virou Krishna, ela passou a ser Radha. São dois grandes avatares que vieram trazer bênçãos para a humanidade.

Sempre que invocarmos Lakshmi, devemos nos recordar que ela não é só a Deusa da Fortuna material, mas sim, também da espiritual que é a que realmente perdura e, sobretudo, não devemos esquecer que Lakshmi é ainda uma Deusa do Amor. Ela ensina que somente através do amor e da pureza interior poderemos desfrutar do dom de Lakshmi que representa o tesouro espiritual da iluminação. Por isso, são usadas muitas lanternas, lamparinas e velas em suas festas, pois só a luz dissipa a obscuridade da ignorância. Só a luz ilumina o caminho até a auto-realização, que é a maior fortuna que podemos aspirar: a auto-realização no propósito de luz superior.

A freqüência de Prosperidade e Abundância ainda não estava sendo manifestada a nível físico do Planeta Terra até 30 de Dezembro de 2006, onde através do Festival de Luz da Prosperidade e Abundância divina, dirigido nos Reinos dos Elohim da Abundância Divina, com o auxílio da energia dos Guerreiros da Luz, isso acabou por se manifestar.

Na unidade conseguiu-se ancorar e implantar definitivamente a energia de Prosperidade e Abundância para toda a humanidade no nível Físico.
Agora, cabe a nós buscadores da Luz, decidirmos nos libertar dos padrões limitantes que haviam nos implantado e que nos segurou até agora. Está mais do que na hora de nos aceitarmos como parte direta do manancial cósmico, que é abundante e pleno. 

Eu Sou a Abundância Cósmica! Adonai

Fonte: Alquimia da Alma/Nisete Machado


Oração para Lakshmi


Lakshmi, Deusa da Prosperidade, do Amor e da Abundância!
Abro meu coração e meu lar com muito amor e exuberante alegria para recebê-La no meu Templo interno e no Templo da minha morada.

Que suas bênçãos cheguem a mim trazendo a pureza da flor de lótus, a harmonia nos meus relacionamentos e a prosperidade em tudo o que eu executar com fé, entusiasmo e altruísmo.

Que o aspecto feminino de Deus em todas as suas manifestações me tragam intuição, percepção, dedicação e receptividade para que eu possa realizar todas as minhas atividades com alegria e felicidade.
Que Sua majestosa beleza se reflita em meus pensamentos para que eu possa sentir, falar, ouvir e agir somente com a consciência da minha Presença Divina.

Que a Sua Luz me envolva dentro de um campo magnético de Abundância para que eu possa ter tudo o que necessito e expandir essa minha Prosperidade para todos.

Tudo o que me for ofertado eu abençôo e consagro para a realização do Plano Divino.

Amada Lakshmi, bem vinda à minha vida e ao meu lar!

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou a manifestação de tudo o que desejo neste instante, hoje e sempre!

Mantra para Lakshmi:

Assim como a oração, o Mantra também é uma poderosa ferramenta para atrair a prosperidade irradiada desta divindade feminina.

“Om Shreem Mahalakshmiyei Namaha”

A tradução seria:

“Deusa Lakshmi reside em mim e confere tua abundância em todos os aspectos da minha existência“



quinta-feira, 7 de março de 2019

O CHIP DO ETERNO CORREDOR CONSEQUÊNCIAS E DESDOBRAMENTOS DAS REMOÇÕES DE CHIPS MENTAIS





Olá Amigos Leitores deste blog, eu super recomento a leitura deste texto, ele traz uma revelação surpreendente e que acontece com muitos de nós, atravessamos a vida buscando uma resposta do porque não conseguir realização, de porque vivemos uma guerra e não conseguimos chegar a lugar nenhum, da vitória não chegar nunca...eu pelo menos, e ela chegou e descortinou o entendimento necessário para que nos libertemos dessas amarras...Uma ótima leitura e feliz libertação!!!


O CHIP DO ETERNO CORREDOR - CONSEQUÊNCIAS E DESDOBRAMENTOS DAS REMOÇÕES DE CHIPS MENTAIS, 
Mensagem do Grupo Arcturiano através de Ayshla Orionis, 
04/03/2019

Iniciamos há algum tempo as remoções dos chips de programações mentais nocivas nos trabalhadores da luz. Este trabalho teve início nestes trabalhadores para ser expandido em seguida, com o auxílio deles, aos demais seres humanos.


O que nós chamamos de chips de programação mental está relacionado com o que vocês chamam de “crenças limitantes”. Costuma-se dizer que essas crenças são infundidas em vossos inconscientes a partir dos processos de escolarização e construção social do indivíduo em suas múltiplas experiências de socialização padronizadas, que são vivências comuns a praticamente todos vocês. Isso é verdade. No entanto, a questão que trazemos aqui é: de onde exatamente surgem estas crenças? Vocês têm a resposta sobre como elas se difundem e se tornam verdades enraizadas a ponto de compor vossos próprios processos fisiológicos. Entretanto, como e por que elas se formam de determinadas maneiras e não de outras?

Bem, aqui reside o início do processo de inserção de implantes com programações mentais altamente nocivas nos seres humanos. Uma vez instalados em indivíduos-chave, que possuem acesso a posições de influência e formação de opinião nos meios de comunicação, postos de comando político, religioso e escolar, iniciam a difusão de padrões psíquicos patológicos por meio de programações mentais que, estas sim, são transmitidas aos demais seres pelas formas que já lhes são conhecidas.

Mas não só isto: essas modelações socioculturais recebidas pelos indivíduos desde a infância em suas interações sociais compõem uma espécie de receptáculo que tornam a criança psiquicamente “maleável” ao recebimento de tais chips. Vamos explicar. Se, por exemplo, uma criança jamais tiver visto ao longo de sua primeira infância um ser humano adulto consumindo suas próprias fezes, ela experimentará grande estranhamento se vir esta cena. A ausência de experiências prévias nas quais observa outros humanos consumindo seus próprios excrementos produz aversão nela sobre este comportamento, de modo que seu próprio organismo produzirá reações fisiológicas de rejeição a esta proposição comportamental. Assim, mesmo que ela seja forçada a consumir suas fezes em algum determinado momento, esta atitude lhe causará repulsa e seu corpo irá rejeitar e expulsar a qualquer custo essa ingestão que ela considera inadequada. Não porque instintivamente ela perceba esta conduta como nociva a seu organismo, mas porque ela jamais foi mentalmente preparada para esta experiência.

Vocês podem pensar que existe uma predisposição da natureza humana em seguir instintivamente as leis e lógicas essenciais de seu organismo, de modo que independente da formação sociocultural de um indivíduo, ao ser conduzido a tomar uma ação nociva a seu corpo, ele naturalmente tenderá a rejeitá-la.

Bem, de fato, em essência as coisas funcionam assim. No entanto, é justamente neste aspecto que os chips negativos de programação mental interferem. Eles são capazes de colocar os indivíduos em lógicas contrárias à sua saúde física, psíquica e relacional. Contudo, como os processos mentais que eles inserem no inconsciente humano se contrapõem às ordens e equilíbrios da harmonia universal, é necessário que complexos preparos sejam estabelecidos para que não haja uma rejeição do organismo (biológico e psíquico) humano à sua instalação. É nesta etapa que entram os processos de controle social pela escola, mídia, religião e nas próprias capilarizações sociais de poder (família, relacionamentos conjugais, relações profissionais) que exercem influência sobre os indivíduos.

Retomando o exemplo anterior da criança, se ela vivenciar desde seu nascimento, em sua escola e em seu círculo familiar, situações onde adultos de referência consomem fezes, ela aprenderá que, mesmo que este comportamento instintivamente lhe soe desinteressante, é uma ação possível de ser efetivada. Em seguida, quando ela própria começar a receber convites ou coerções para reproduzir essa experiência a partir da percepção de que todos ao seu redor a praticam, irá aventurar-se neste caminho, mesmo a contragosto, até que isso lhe pareça natural e, finalmente, até mesmo agradável e desejável, de modo que ela já não consiga se imaginar vivendo sem cometer este ato.

É assim que os seres humanos são preparados para receber estes chips mentais. Desta forma, quando já estão preparados pelo processo de socialização, o implante lhes é colocado sem que seus “arquivos” (conteúdos inseridos por suas crenças limitantes) sofram risco de rejeição.

Bem, mas hoje queremos falar sobre um tipo de implante específico, e um dos mais nocivos dentre eles. Trata-se do que chamaremos de Chip do eterno corredor. A função desta programação mental é condicionar o indivíduo a focar sempre aquilo que ele não possui. Ele se torna condicionado a cíclica e sequencialmente criar e recriar desejos que enfocam necessariamente aquilo que ele ainda não tem: está sempre a olhar para a ausência, sempre a procurar ou criar buracos e, encontrando-os, passa a observá-los até que, pela superexposição ao mesmo foco, tais “buracos” passam a ocupar o centro de suas atenções, empurrando para a periferia de suas percepções todos os demais processos e objetos existentes em sua realidade, o que, pela estrutura mental humana, faz com que eles, por maiores e mais intensos que sejam, cedam ao novo centro de observação (o buraco) toda sua potência e importância.

Evidentemente, a sociedade de vocês lhes fez acreditar que este comportamento é essencial para o crescimento e desenvolvimento do ser. Deu a ele o nome de ambição, como uma espécie de impulso natural de expansão, e o associou, perversamente, à busca do constante e progressivo desenvolvimento do ser, inerente à natureza humana; esta busca natural, no entanto, não tem nenhuma relação com o comportamento do eterno corredor.

O eterno corredor é aquele que foi condicionado a sempre a perseguir aquilo que não possui. Constrói interesse somente naquilo que percebe estar fora de seu alcance, e isto é assim não porque o indivíduo deseja dar um passo além na experimentação de uma realidade desconhecida e sim porque necessita perpetuar seu vício em se manter eternamente na posição de perseguidor. Assim, quando consegue obter o objeto ou experiência desejada, trata de descartá-lo imediatamente de seu campo de interesse para procurar um novo item ausente e distante para perseguir. O objetivo da corrida nunca é alcançar, e sim apenas estar sempre correndo atrás de algo enquanto toda a sua existência é um não ter, não conseguir, não estar, não ser, não chegar. Acredita que o movimento sadio da natureza é mesmo o eterno não ser, mas existem aqui equívocos e compreensões confusas, distorcidas e labirínticas.

O movimento natural e sadio da natureza é o permanente tornar-se, mas essa transição de estados só é possível quando se é alguma coisa, pois quem nada é, nunca poderá vir a ser qualquer outra coisa. É o nada sempre correndo em busca do lugar algum. O vazio estático que, enganado, acredita estar movimento. Tudo isso é fumaça e confusão numa mente enevoada por redemoinhos que parecem belos, mas apenas entretém os seres numa grande perda de tempo, tal como o pobre camundongo de laboratório correndo na roda giratória acreditando que um dia chegará a algum destino.

Este é o comportamento mais nocivo implantado no inconsciente humano e um dos mais naturalizados em vossa sociedade, sobretudo por muitos de seus chamados “especialistas” da medicina física e comportamental.

Não, amados irmãos. Este comportamento não tem nada de saudável, natural ou produtivo. Ele deixa o indivíduo em constante estado de insatisfação, frustração, cansaço e numa permanente busca por compensações diversas para o dispêndio sobre-humano de energia que permanentemente experimenta, como uma sangria desatada de todas as suas forças vitais. Assim como o rato de laboratório eternamente correndo sem propósito em sua roda giratória, está sempre se esforçando para seguir em frente sem que, no entanto, jamais possa chegar a lugar algum.

A necessidade dessas compensações ocorre pelo permanente vazio deixado por uma constante corrida que nunca atinge seu objetivo. Elas manifestam através dos excessos e compulsões que acometem quase todos os humanos, tendo como foco mais comumente o consumo de alimentos destrutivos, relacionamentos destrutivos, substâncias estimulantes ou sedativas e ainda outras formas de compensação psicológicas e sociais, como adotar padrões de vida insustentáveis para si e para o planeta para dar conta de estar constantemente consumindo bens de todas as formas descomedidamente sem sequer se dar conta do porquê o faz. De qualquer forma este humano necessita obter alguma sensação de prazer e temporária ilusão de saciedade que lhe apaziguem a ausência daquilo que lhe foi roubado: a sensação de ser completo no presente com o que se tem e pelo que se é.

O eterno corredor está sempre focado naquilo que não possui, ainda que seja o homem mais rico da Terra. Por mais bens que adquira, estará com seu pensamento necessariamente voltado para o que ainda não experimenta, por menor, mais insignificante e indesejável que lhe seja esta experiência.

Vocês têm se culpado uns aos outros pelo estado de devastação total em que sua sociedade e planeta chegaram e nomeado este comportamento de ganância. Mas hoje viemos lhes dizer que não se trata só disto.

O chip que implanta nos seres humanos o condicionamento do eterno corredor os escraviza numa corrida incansável pela busca de algo que eles nunca alcançam e, por mais devastados e esgotados que estejam, por mais que já tenham obtido tudo que lhes parecia possível, este grave desvio psíquico não os deixa descansar, tratando de fazê-los novamente buscar um novo objeto fora de seu alcance para novamente começar sua insana e doentia corrida. Desta forma, jamais terá paz, jamais poderá experimentar a verdadeira felicidade ou mesmo sentir qualquer fagulha de contentamento, pois a satisfação e bem-estar em existir só podem se dar na experiência de contemplação daquilo de que se usufrui no presente.

Frequentemente, nessa nova onda de ascensão planetária, vocês têm lido sobre a importância de estar absolutamente focados no presente. De fato, poderíamos dizer que esta ação é quase metade do caminho concluído no processo de evolução do espírito. No entanto, temos visto vocês em tentativas dolorosas de fazer isto, numa constante, exaustiva e violenta vigilância em que quase desejam se dar tapas a cada vez que vossas mentes se esvaem da atenção no momento presente para dar início às suas divagações aleatórias sobre aquilo que não se vive, não se tem, não aconteceu ainda, etc.. Meus queridos, é muito difícil vencer esse condicionamento desta forma. Estamos falando do implante mental mais poderoso que foi instalado em vocês. Não banalizem a potência disto acreditando que o fato de não estar no presente é um vício de comportamento qualquer que se resolve com o mesmo esforço de se parar de fumar, por exemplo. Não, meus amados. Como vocês costumam dizer em vossa sociedade, “o buraco é mais embaixo”.

Entretanto, se por um lado viemos aqui falar da complexidade desta questão, trazemos, em contrapartida, o anúncio de que são chegados os tempos em que esta história é, agora, apenas mais uma página virada no livro da humanidade.

Nós, o Grupo Arcturiano, junto de vários outros seres de luz, mestres ascensionados e demais raças extraterrestres que estão neste momento em missão de auxílio à evolução da humanidade e sua ascensão planetária, recebemos a incumbência de vosso regente, o mestre Yeshua, de iniciar o trabalho de remoção destes chips de todos os seres humanos para que enfim se conclua este duro período de provas e expiações pelo qual vocês passaram. E, neste processo, conseguir finalmente alcançar a plena experiência de estar no presente será um grande marco da trajetória humana. Literalmente, um presente. Não mais será uma vaga e utópica lenda sobre padrões ideais de existência e sim uma experiência real e permanente da nova forma de vida humana na Terra. Vocês estão despertando para a verdadeira vida. Este é o lar pelo qual tanto esperaram.

Aqueles que agora leem esta mensagem já estão com seus chips removidos ou em processo de remoção. Isto começará a trazer nossas experiências perceptivas a vocês. Fiquem atentos a suas mentes. Começarão a questionar seus próprios pensamentos e condicionamentos e isso são as primeiras consequências das remoções de tais dispositivos. Retomando o exemplo de parar de fumar, se o primeiro passo é deixar o cigarro, existe ainda em seguida toda uma caminhada para vencer o vício comportamental, a dependência física, psíquica, as novas experiências de socialização, etc. Assim também será com a remoção do chip do eterno corredor. Apreciem essa jornada. Ela trará maravilhosos e preciosos aprendizados que muito lhes valerão no auxílio a seus irmãos. Vocês já pegaram esta onda. Agora basta se deixarem levar e regozijarem-se no deleite e fluidez de suas novas vidas. Já nadaram com todas as suas forças em largas e profundas braçadas. Agora que já dobraram a crista da onda, sintam suas pranchas deslizarem sem esforço pelo movimento eterno e infinito deste oceano e apreciem a paisagem.

Lembrem-se: vocês são trabalhadores da luz que compõem a vanguarda do exército de libertação planetária. É vossa missão difundir esses conhecimentos e experiências para o restante da humanidade, que somente em seguida a vocês vivenciará estes acontecimentos. Vocês estão à frente neste campo de batalha. Apreciem esta luta, pois pela primeira vez na história da humanidade viveremos uma guerra de amor. E, nesta guerra, vocês já são vitoriosos.

Voltaremos com mais informações sobre as remoções de chips de programação mental e suas consequências. 

Até breve, amados irmãos!

Grupo Arcturiano


Direitos Autorais:

Ayshla Orionis

Este texto compõe o livro 2020: Visão Clara, Existência Multidimensional, que está sendo elaborado neste momento por Ayshla Orionis sob supervisão de vários grupos de mentores espirituais.